"Dedicado àquela que
Embora tenha os olhos bronze,
E brilhantes os quero tanto,
Tem como ouro seu coração."


De que adiantará o sotaque britânico?



(Víctor Lemes)





Uma das poucas pessoas que à mim sincera é.
Uma das mesmas poucas que quando a hora chegar,
E não vê-la, às noites, sorrir
Sentirei falta.

Tal como o fogo, que seu signo pertence,
Oscila as temperaturas:
Um dia está calma,
Outro, enfurece.

Palavra alguma precisa dizer,
Pois ela já sabe que
O olhar tem poder.

Sortudo (e feliz) aquele que ao lado dela estar;
Inimigo este que a fizer chorar.

Amigo eterno aquele que souber enxugar as lágrimas,
Com a toalha da graça, e ao torcê-la
Derramar risadas.


Com a simplicidade das palavras,
Com sua simplicidade de palavras
E valores similares...
Li e imaginei-a falando, eis sua mágica.
E ouvi o que precisava ouvir.

Não controlei minhas palavras,
Há de ter erros sintáticos,
Mas não semânticos!

Menininha do chocolate branco hidrogenado,
Obrigado mesmo!


Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

0 comentários:

Postar um comentário