Os nós


(Víctor Lemes)


No sonho, chegara atrasado
Lá estava ela, muito bem acompanhada
Quando passei por ela, não sorriu
Seus olhos disseram-me que sorriu.

Nas repetições de palavras dessa vida
Percebe-se que meu vocabulário é restrito
Nas folhas secas de outono caídas
Perante os troncos secos e as toras.

A rima que ao coração aflige
Minha alma jamais se enlouquece.
Pensar demais nas palavras
E, na cabeça, afrouxar as amarras...

Por entre florestas cerradas
Havia caminhado, perdido e sozinho
Até que por sacrifício o fogo
Tudo ao redor deixasse às queimadas.

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

0 comentários:

Postar um comentário