Meus sapatos

(Víctor Lemes)


A saudade vira lágrima, que por sua vez,
Corre em meu rosto já feliz.
Feliz por ter lhe amado,
E, ao final, ter finalmente chorado.

As memórias ainda vivem em mim,
Mesmo que muitas ainda se façam de dificeis,
Algumas, encontrei as chaves dos cadeados,
Outras, trancadas estão na parede do meu quarto.

Calço meus sapatos, e desço a rua.
Rumo à avenida, cheia de lojas...
Às vezes podemos comprar balas,
Escadas, flores, discos, amores...

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

0 comentários:

Postar um comentário