O trovão

(Víctor Lemes)

Por trás desse sorriso, dessa alegria,
Mora em mim o ódio e a agonia.

E as lágrimas só saem quando percebo
O quão longe do sétimo céu me encontro.

Levam tanto tempo pra calcular o vento,
E se esquecem que pra ele não há desejo.

E se levantam feito pipas ao ar,
As árvores que do solo vivem pra nos amar.


Vivo sem pai, sem irmão, vive sem marido,
E ainda me dizem que me pareço com o Cristo.

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

1 comentários: