Pétalas

(Víctor Lemes)

E até lá, só o que há de vir, virá.


Há de chegar o dia, há de vir o que virá.
E, no mais, nada menos nos faltará.
Voltará, voltara e voltei a ver o que  será.
Na mentira e na verdade, entre nossos dedos
Que juntos façamos um entrelace de dores
E amores, de ódios e de paixão.
Já que todos os nós se desfazem e, depois,
Podemos, enfim, olharmo-nos o coração...
Vê-lo chorar e esquentar a casa das veias,
Acredito no que penso, mas chega de solidão.
Existem estes dias de garoa fina e pesada,
Onde podemos nos molhar e sentir que alguém,
De fato, aqui em cima ou lá em baixo, nos vigia
E nos ama.

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

0 comentários:

Postar um comentário