Movimento

(Víctor Lemes)

O vento movia as folhas
Que flutuavam no ar.
Num mesmo lugar
Onde nuvens dançavam,
Onde das sirenes
Os sons se propagavam.

Nuvens feito homens de hoje,
Correndo apressadas
Contra o relógio do céu.
Porções de algodão,
Cor de chumbo,
Ameaçavam sujar o chão.

E a mochila pesada,
Cor cinza e azul,
Levava nas costas.
Rosto indignado,
Olhos manchados
E passos largos.

Caminhava feito nuvem,
Meio homem, meio bala,
Sem ter muita direção.
Era no centro da praça.
Parou de frente ao rio,
E descobriu que havia coração.

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

0 comentários:

Postar um comentário