Barba



(Víctor Lemes)

Arranquei muito de minha face,
E hoje ao olhar no espelho
Me vi mais claro, mais diferente.
Foi como ver o reflexo
E crer que não é você quem está ali.
E o bloqueio de escrever ainda
Está a curtir no meu interior,
Por dentro acho que já abri mão.
E o eu que habita em mim
Só quer saber de ouvir Legião:
Não vá embora!
Fique um pouco mais!
Ninguém sabe fazer
O que você me faz!
Ler Pessoa, e escrever Vinicius.

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

1 comentários:

  1. Que conexão linda que fez no final...
    :D

    Vou até ouvir Legião agora, ler Pessoa e ler Vinicius. ._.

    ResponderExcluir