Sem título 13


(Víctor Lemes)


Lá fora venta demais da conta,
Inspirar-me basta apenas uma rajada.
Lá dentro o vazio preenche tudo,
Instigando-me a cair na tentação.
Ao ver o sol partir-se ao meio
Num céu recheado de luzes faz-me
Hoje, um homem mais dócil,
Incompleto, inerente, insuficiente.
Gritar para dentro, como se oco fosse,
Amar para fora, como se só belo houvesse.

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

1 comentários:

  1. "Gritar para dentro, como se oco fosse,
    Amar para fora, como se só belo houvesse."

    *-*

    ResponderExcluir