Avião



(Víctor Lemes)

Um menino caiu de pára-quedas no quintal de casa.
Convidei-o a entrar, mas recusou-se.
Disse que estava a esperar seu acompanhante,
"Não deve demorar, saltamos do mesmo avião."
Passaram-se alguns minutos,
E nada de alguém cair do céu.
Olhei pr'o menino e disse:
"É melhor entrarmos, já está tarde."
Ele sorriu e retrucou:
"No seu caso, será o inverso:
Embarcará num avião,
E pousará em seu coração."
Sorri.
Pisquei.
O céu olhei.
Já não estava mais ali,
O menino dos cabelos
Azuis.

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

3 comentários:

  1. Que belíssimo.
    Por um momento me lembrei de Senhor das Moscas.... ^^'
    Gostei muito desse.
    :D

    ResponderExcluir
  2. Senhor das Moscas? É livro?

    ResponderExcluir
  3. é sim, um livro. :D

    ResponderExcluir