E ela deitou ao meu lado...

(Víctor Lemes)

A Sissi não aguentou a uma cirurgia e morreu esta tarde.
E meu corpo não reage.
Meu coração nada percebe.
Não sinto a tristeza que em minha mãe a invade.
Nada me entristece.
Minha dor não se faz realidade.
Minhas lágrimas tentam fugir, minhas pálpebras umedecem-se, e ainda assim, não choro.
O que há de errado comigo?
Será meu coração feito mesmo de pedra?
Me ensinem a chorar,
Me ensinem a sentir-me coberto de dor,
Eu lhes peço, por favor, Seres daí de cima.
Me mostrem quem na verdade sou,
Que esse meu pulmão já não aguenta mais tanto ar...
Ensinem-me a me amar; ensinem-me a chorar.

"No dia que eu me for, você vai despertar,
Meu amor... tenho certeza disso."

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

1 comentários:

  1. Não é só porque não chorou que quer dizer que não amou...
    É uma pena o que aconteceu.. :/
    Como diz minha avó:
    - Deixe as lágrimas para quando eu morrer.
    Fique bem Víctor.

    ResponderExcluir