Minha oração


(Víctor Lemes)

Cansei.
Cansei dessa sensação de vazio, esse ar frio que me percorre os pulmões, essa secura na boca, essa tristeza amarga no meu coração. Cansei de não me amar o suficiente, de não me dar valor suficiente. Cansei de não chorar, de sofrer pra respirar, de me machucar, de me arranhar. Cansei de esperar o mundo se ajeitar, cansei de te esperar mudar. Cansei de não me perdoar. Quero me perdoar, deus. Cansei de tremer ao chorar, cansei de forçar chorar, cansei da minha falta de estar. Quero me perdoar, deus. Cansei fingir sorrir, cansei de aguentar calado. Cansei dessa minha vida perdida dentro de mim, cansei de fazer minha mãe triste por me ver triste. Cansei de não ser ninguém, de me achar insignificante. Cansei de me odiar, cansei de frustrações, estou cansado. Quero me perdoar, deus. Cansei de dormir demais, cansei de mentir demais quando é preciso ser sincero. Cansei de pessoas falsas, cansei de amigos que nunca tive, cansei de ilusões da vida. Cansei de lembranças ruins, cansei de viver relembrando meu passado. Cansei de ouvir bobagens, cansei de me esquecer por dentro. Cansei da minha solidão, cansei da minha mente reativa, cansei de me esconder o sorriso, cansei de me esconder por detrás dos cabelos. Cansei de fazer falta a mim mesmo. Cansei de me sentir só, cansei de esperar amor sem dar. Cansei do meu egoísmo, cansei do meu orgulho, cansei de mim mesmo. Cansei dessa fraqueza de espírito, cansei das reticências, cansei, Quero me fortalecer, quero me ver feliz de novo, por completo, quero poder amar de verdade, quero alguém que me ame e me faça sentir amado. Quero que alguém me socorra, que eu preciso de ajuda. Quero me sentir único novamente, quero ser todo essência.; Quero ser a natureza, quero sentir o vento. Quero chuva, quero trovão, quero raio. Quero me sentir folha, quero ser folha. Quero que esta prece seja ouvida, quero mudar. Eu preciso me perdoar, eu quero me perdoar. Eu quero agradecer. Porque sei que fazes pro meu bem. Quero agradecer por tudo que me tens compartilhado. A cada alma, que me tem brilhado as noites, a cada gota que encheu meu copo de esperança. Estou cansado, mas ainda sou iluminado por tua luz. Estou cansado, me sinto inseguro, me sinto culpado. Mas ainda, me tens dado tanto amor, que me é difícil acreditar que eu mereça tanto. Eu te amo, onde estiveres. Meu sentimento é verdadeiro. Pois meu amor é livre. Eu te amo, Víctor Lemes! Eu te amo! Eu te amo!

Vamos viver, que os nossos dias serão para sempre.

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

3 comentários:

  1. Gostei do texto, alias todos são muito bons.

    =)

    ResponderExcluir
  2. A concorrêncianovembro 14, 2010

    Esse realmente foi demais!

    Parabéns!

    Que realmente sejas iluminado por esta oração!

    ResponderExcluir
  3. Víctor, quero te ver feliz. (:

    E para variar teu texto está lindo e tocante. ^^'
    Que bom que isso tenha acontecido...

    ResponderExcluir