Reconhecimento


(Víctor Lemes)


Tenho pensado em tanto pra lhe falar,
Que de tanto pensar tudo foi pr'algum lugar.
Há dias em que meus dias não fazem sentido algum,
Há dias que me sinto um minúsculo número um,
Incapaz de ser algo que preste,
Alguém de valor pr'o mundo.

Talvez você não saiba,
Mas já O perguntei diversas vezes
O quê eu vim fazer aqui, ou
Derramei algumas lágrimas
Por debaixo do edredom,
Perguntava-me baixinho
Qual era o meu dom.

Hoje, eu ainda sinto um vazio dentro de mim,
Devido àquele que não soube me preencher
De amor, como você fez.
Hoje, eu ainda choro por dentro, ainda rego
Meu jardim de outono,
E sinto a dor que a água traz
Quando atravessa minhas rachaduras.

Me deixei atrasar por anos, é verdade.
Mas ainda assim, foi você quem me ajudou a levantar.
Se não fosse você, eu não seria nem um terço do que hoje sou.
Com toda certeza eu seria apenas mais um na multidão.

Nada mais tenho a acrescentar,
Você já me conheceu antes mesmo
De eu ter tido a chance de conhecer-me
A mim mesmo.

Eu te amo, mãe.

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

2 comentários:

  1. Dia 06 foi o aniversário de tua mãe?
    Tenho vontade de conhece-la, parece ser tão linda, por dentro, por fora. :)
    Bom, sei que ela também é escorpião, então certamente seu aniversário é perto do meu... bem, parabéns para tua mãe, de uma desconhecida que deseja felicidades mesmo que atrasadas, mas, válidas. *-*

    ResponderExcluir
  2. não, xD eu publiquei isso no dia 06, mas o dela é dia 07, srta. Leopardo! hahah ^^

    considere teus parabéns a ela entregues.
    vc pode conhecê-la tb via orkut, se quiser. ^^

    ResponderExcluir