Mariposas

(Víctor Lemes)


Mariposas estão estacionadas em minha janela,
Mesmo com o vento forte lá fora
Não desistem de tentar atravessar os vidros...
Sou mariposa,
Que em seu coração pousa,
E por mais que as tuas lágrimas tentem me afastar de ti,
Nada adiantará.
Quando o sol resolver voltar pela manhã,
E a tua alma se iluminar,
E teu coração se aquecer,
Talvez, então, eu escolha voar...
(E levarei tuas lágrimas comigo...)

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

0 comentários:

Postar um comentário