O Amor?

(Víctor Lemes)


O Amor não é algo que exija um contrato: "Você me ensina isso e eu te ensino aquilo, por um período de, no mínimo, 3 (três) anos."

O Amor não é uma "parceria"; não há um "outro alguém", o "parceiro", no Amor.

Todos andamos por aí faltando um pedaço, nossas vidas são uma eterna busca de quê ou quem nos falta.

Quando finalmente encontramos, ou somos encontrados, é como se fosse feito uma resolução matemática:

-1 (pessoa que falta algo) +1 = 0

Porém, quando esse encontro é de Amor, a equação não soma. Não, pois, o Amor multiplica-se. Vejamos:

-1 x -1 = +1

Nos completamos. E, por assim ser, não temos o "outro alguém", o "+1", pois, ele se tornou nós.

O verdadeiro Amor é capaz disso: é você se apaixonar por você mesmo. Porque esta pessoa e você são uma só: o Eu Sou.

Este é meu Amor por você.

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

0 comentários:

Postar um comentário