A Voz do Amor


(Víctor Lemes)

Eu te amo.

Eis a poesia que qualquer pessoa é capaz de recitar;
Quando bem sentida e bem aplicada,
Torna-se o verso mais poderoso de toda uma vida.

Eu te amo.

Verso o qual não é de ser recitado a qualquer um,
Sem que ao menso sinta-se confiante, e além:
Sinta-se amado.

Eu te amo.
Eis um verso que demoro a recitá-lo usando minha voz,
e a escrevê-lo para quem de fato merece ouvir.

Eu te amo falado,
Se torna mais verdadeiro quando a voz cala-se,
E trêmula fica...

Pois, ao mesmo tempo que você proclama ao mundo,
Ao outro que você a ama, você se compromete a jamais feri-la,
É cativá-la eternamente, como um dia a raposa nos disse.

Quando é que vou tremer-me a voz pra você, meu Amor?

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

0 comentários:

Postar um comentário