Amálgama

(Víctor Lemes)

Confesso,
De ti, muito não mereço.
Mas, desde já, te peço:
Dê-me algum apreço.

Quem liga?
Há quem diga.
Em mim só há fadiga...
Sejas tu bendita.

Acrescento uma letra A
Entre teus "te" e "mo";
Acrescentam uma letra N
Entre seus "ca" e "sar-se".

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

0 comentários:

Postar um comentário