E a ignorância é vizinha da maldade

De onde vem a maldade humana? Andei pensando,e pensando, e cheguei a seguinte conclusão: por pura teimosia. Teimosia em não aceitar que não passamos de um dos animais, senão O animal, mais atrasados do planeta. Pense bem, não é necessário olhar muito longe para ver que não temos nada de especial, ou melhor do que outros animais. Compare-nos com uma formiga saúva, para começarmos. Às vezes, estou em meu horário de almoço, e vou sentar-me no banco de um deck próximo. Na calçada e nas tábuas do deck é possível ver várias delas, sempre trabalhando. De repente, vejo uma folha gigante andando sozinha, daí bate um vento e posso ver que na verdade a pequena saúva é que a está carregando. Uma folha que pode ser até 100 vezes - eu disse CEM vezes - maior que ela! Que força incrível, que evolução! E elas não precisam nem dormir para recuperar energia... Imagine se isso fosse transposto para nossa precária espécie: imagine um homem de uns 75kg. Agora multiplique seu peso por 100. Você consegue imaginar alguma pessoa levantando 750kg sob sua cabeça? E melhor ainda: todo dia, sem dormir.

Quantas vezes o humano não observou a Natureza a fim de tentar ser como ela? Inúmeras!

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

0 comentários:

Postar um comentário