Ou ler

(Víctor Lemes)

As palavras não condizem com seus olhos,
Sou capaz de ler uma pessoa por meio
De suas palavras,
E, principalmente, pela pontuação utilizada.
Não é raro encontrar aquelas reticências ao final de suas frases,
E o outro idioma que esconde sua verdadeira vontade.
Na fotografia seus olhos não mentem,
Enquanto suas palavras eram tudo que ele esperava ouvir,
Ou ler. Seu sorriso, já faz um tempo, não é de orelha a orelha,
Tampouco é de deixar-nos ver teus dentes alinhados.
Olha para a câmera fotográfica como se mirasse o espelho,
Ele mira os olhos n'outro lugar, completamente alheio,
E você fica aí nessa de amar por amar o ser de janeiro.

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

0 comentários:

Postar um comentário