Uma questão de respeito

(Víctor Lemes)

Há quem diga que o C
É pura ficção;
Ninguém respeita o pobre
Caractere.
Há jovens que só lembram dele
Quando estão preocupados,
Em frente os espelhos,
Com suas acnes.
Há quem esqueça dele tanto
Que não percebem seu importante
Pacto com as outras letras,
Sem ele não conectaríamos.
Sua característica marcante
Em todas as palavras que o tem,
Ninguém respeita este seu aspecto,
E vão ignorando-o nos nomes próprios.
Como se não houvesse impacto
Lê-lo em nomes como o meu:
Víctor;
Dizem que é mais fácil não lê-lo,
Torna-se compacto, e daí em diante,
Fazem apenas um pacto:
Não se pergunta porquê se deve
Pronunciá-lo em 'cacto'.

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

0 comentários:

Postar um comentário