A Tempestade (Ou o Livro dos Dias) [Legião Urbana]

Seleção de trechos escolhidas pelos meus dedos, seguindo meu Chefe.

Natália

“Quando tudo é solidão
É preciso acreditar num novo dia
Na nossa grande geração perdida
Nos meninos e meninas
Nos trevos de quatro folhas
A escuridão ainda é pior que essa luz cinza
Mas estamos vivos ainda”


L'avventura

“Não façamos do amor
Algo desonesto

Quero ser prudente
E sempre ser correto
Quero ser constante
E sempre tentar ser sincero”

Música de trabalho

“E quando chega o fim do dia
Eu só penso em descansar
E voltar pra casa pros teus braços”


Longe do meu lado

“Quero respeito e sempre ter alguém
Que me entenda e sempre fique a meu lado”

A via láctea

“Eu nem sei porque
Me sinto assim
Vem de repente um anjo
Triste perto de mim”


Música ambiente

“Tenho mais do que eu preciso
Estar contigo é o bastante”

Aloha

“E meus amigos parecem ter medo
De quem fala o que sentiu
De quem pensa diferente
Nos querem todos iguais
Assim é bem mais fácil nos controlar
E mentir, mentir, mentir
E matar, matar, matar
O que eu tenho de melhor: minha esperança”


Soul Parsifal

“Estive cansado
Meu orgulho me deixou cansado
Meu egoísmo me deixou cansado
Minha vaidade me deixou cansado
Não falo pelos outros
Só falo por mim
Ninguém vai me dizer o que sentir”

Dezesseis

“E até hoje, quem se lembra
Diz que não foi o caminhão
Nem a curva fatal
E nem a explosão

Johnny era fera demais
Pra vacilar assim
E o que dizem que foi tudo
Por causa de um coração partido”


Mil pedaços

“Guardo um retrato teu
E a saudade mais bonita”

Leila

“Adoro os teus cabelos
Adoro a tua voz
Adoro teu estilo
Adoro tua paz de espírito”

1º de Julho

“Não basta o compromisso
Vale mais o coração”

Esperando por mim

“Estamos vivendo
E o que disserem os nossos dias serão para sempre.”

Quando você voltar

“Sei que existe alguma coisa incomodando você
Meu amor, cuidado na estrada
E quando você voltar
Tranque o portão
Feche as janelas
Apague a luz
e saiba que te amo...”

O livro dos dias

“Não esconda tristeza de mim

Todos se afastam quando o mundo está errado
Quando o que temos é um catálogo de erros
Quando precisamos de carinho

Força e cuidado”

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

0 comentários:

Postar um comentário