Feliz dia das mães

Vou achar abrigo nas páginas dos seus livros, que um dia serão apenas meus. E em cada palavra grifada, das muitas páginas deles, vou poder ouvir sua voz lendo-as alto como sempre fez. Vou vestir suas roupas como sempre quis, e vou olhar para o céu e sorrir. Vou achar difícil cozinhar a comida boa que sempre fez, e vou esquecer de deixar o suco na geladeira pra gelar. Vou conversar contigo quando você se for, em todos os lugares que eu estiver, em qualquer lugar que você estiver. Muitas ainda serão minhas dúvidas sobre tudo, e muitos serão os pedidos de sinais para que sua gente permita-lhe visitar-me. Quantos não serão os sonhos que terei contigo, e quantos não serão os dias acordados com sua presença no meu coração... apenas. E haverá momentos tristes também, porque vai ser difícil. Mas haverá sempre o seu legado e a esperança de que nos encontraremos muitas vezes mais para frente, embora eu realmente acredite que terei que pastar muito até chegar no seu nível. No começo vou ficar perdido mesmo, não será novidade nem para mim nem para você... mas as pessoas que cativou estarão lá para me socorrer. As pessoas que cativei, por meio da educação que me deu, também estarão ao meu lado quando você ascender. Duvido, no entanto, que sequer saberão como de fato me sentirei, como você sempre soube e sabe. Talvez será isso o que sentirei mais falta. Mas que isso não crie em você preocupações desnecessárias, por favor. Você está comigo sempre, e nada temo ao seu lado. Estará no vento soprando meus cabelos por todos os meus caminhos. Não tenho dúvidas. Talvez minha sensibilidade aumente graças à ponte que vou querer criar contigo. Talvez meu Amor cresça. Talvez os segundos domingos de maio sejam como primeiros de maio, uma mistura de alegria e de tristeza. Enfim, que eu me torne um terço do que tem sido perto do meu fim, e já me sentirei feliz por essa sem-fim vitória. Eu amo você, Aninha, mais do que mãe, anjo e amiga. Lhe agradeço por tudo, pois sem você eu não seria... quem sou. Escolhi a dedo, e escolhi bem, antes de descer nesse mundo.

Do seu filho,

Victor.

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

0 comentários:

Postar um comentário