Promessa

(Víctor Lemes)

A promessa foi quebrada;
No meio das árvores
O céu limpo ainda chora
Suas lágrimas por entre as folhas.

Não há de ter nenhum céu para mim
Pois esqueço, porém não perdoo.
Se o amor estiver, ou não,
Inteiramente dentro de ti,

Em tua jornada,
Perante de ti estarei
Imóvel.

A tristeza está aqui
Ao lado do criado-mudo
Do meu rei.

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

0 comentários:

Postar um comentário