Se movi-mente

Se movi-
mente

(Víctor Lemes)

Hoje pela manhã,
Estava preparado pra chorar,
Mas as lágrimas não
Estavam prontas...
Devo esperá-las se arrumarem,
Muito embora eu saiba que
Há aquelas que
Teimam sair sozinhas
Sem minha permissão.
São aquelas que fingem
Que não existo
Quando o coração
É quem está falando.

Às vezes, elas são
Tudo que temos
Dentro de nós
E, ainda assim,
Defenestram
Por nossa janelas.

As que têm sorte
São salvas por uma mão
Que conforta
Nossa alma.

Outras simples-
Mente morrem
Sendo absorvidas
Pelo algodão das camisetas.

Lágrimas são como
Os amores:
Quanto mais você tentar guardá-las no seu olhar,
Mais fáceis serão
De escaparem
Do coração.

E é ali no meio
Que resido,
Pois estou só
De passagem.

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

0 comentários:

Postar um comentário