De Janeiro

(Víctor Lemes)

Nos dias vindouros
Não quero ter outros
Que só pensam em mim
Se em meus versos
Lhes ofereço a eternidade
De meu espírito afim.

Do meu livro só lerão
Aquilo que ninguém
Ousou saber.

De Janeiro em diante,
Os que pensam quem sou
Me julgarão,  e os que sentem
As feridas das minhas palavras
No fundo do coração
Tentarão entender quem sou,
Todos com verdades próprias
E com certezas absurdas.

Grato pela atenção.

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

0 comentários:

Postar um comentário