Busco

(Víctor Lemes)

Sabe qual é o meu problema?
Busco encontrar alguém
Que não cheguei a conhecer de perto,
Mas que conseguiu descobrir
Em mim um grande poeta;

Despertou em mim
A metáfora mais linda
De que a minha vida
É apenas a sombra
De um espírito afim.

Ainda busco em outras
Aquela escorpiana
Que em felino selvagem
Deram-na de sobrenome.

Busco um amor
Que aceite simplesmente
Que um terço do meu amor
Ainda se encontra
Nas linhas das cartas
Que viajaram a Goiânia.

E este um terço
Doei a ela, e então
Não espere retorno.

Busco um amor que entenda
Que embora eu esteja ao lado,
Meu inteiro se divide
Em amores
Espalhados pelo
Vento.

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

0 comentários:

Postar um comentário