À sábia, não só de nome

(Víctor Lemes)

Traços delicados de seu rosto fazem muitos dos garotos teus seguidores. Alegres, seguem teus caminhos, e passam por seus domínios, porém poucos te consolam nas tuas noites de desconexão. Sois como um Porto, a ti chega todas as navegações, e as histórias repousam em teus ouvidos, e não mais vês a hora de embarcar nos navios da imaginação... E, quem sabe até, conhecer o mar, ou então, o que nele vive... O que os marujos costumam chamar: o robusto Amar. Procuras nas palavras que ouves tudo quanto possa significar a ti. Em breve, tu sabes muito, e ainda serás pouco o que souberes... Ainda serás única no mundo, a viajar nos mesmos ônibus, a mirar o através das janelas, a ser a garota da praia, a ter acreditado na Vida que criara para ti... Quão belo nome escolheste para ti, antes de embarcar neste barco.

(Dedicado à amiga de minha família, Maiara Cagliari)

Compartilhe:

SOBRE O AUTOR

Víctor Lemes, idealizador e administrador do blog, geminiano nascido em 1989, em São Bernardo do Campo. Formado em Letras (UniAnchieta/Jundiaí - 2009), e pós-graduado em Especialização em Língua Inglesa (UniAnchieta/Jundiaí - 2011), trabalha como coordenador pedagógico e professor de inglês na escola de idiomas CNA, localizado em Louveira, cidade em que mora desde 2002.

1 comentários:

  1. Victor, Victor, Victor... você é magico...
    Continue a iluminar-me neste caminho louco e louco em que me encontro, e que esta elipse se revele ao outro lado onde não existe o escondido. Amo-te ler.
    Juliana Novaes "Magaflor ou Scarlett"

    ResponderExcluir